Compartilhar por e-mail
Seu nome:
Seu e-mail:
E-mail destinatário:
Enviar
26Fev2015

Falando de Meditação

Muito tem se falado da importância de realizarmos meditação no nosso dia-a-dia.

Mas o que fazer com nossa mente que não pára de pensar o tempo todo e não conseguimos ficar sentados quietos?

Realmente é um desafio sairmos de um padrão de atividades com realizações e ações feitas muitas vezes mecanicamente sem perceber o que acontece no momento presente, sempre pensando no que temos ainda a realizar ou no que já se realizou, ficamos em infinitos julgamentos e análises.

Quando pensamos em meditar podemos começar realizando esta prática no cotidiano com FOCO e ATENÇÂO no que faz no instante que realiza. Ficando na PRESENÇA, sentindo-se inteiro na ação, nem antes e nem depois, mas no momento PRESENTE.

Assim a mente acostuma-se a direcionar sua atenção gastando menos energia pulando de um lado para outro.

Experimente no dia a dia e depois podemos pensar em uma prática de sentar-se nesta PRESENÇA.

São inúmeros ganhos e benefícios  que podemos agregar em nossas vidas:      

- Acalma a mente proporcionando clareza mental, paz interior .

- Aumenta a criatividade, intuição, estimula sentimentos de compaixão e de interligação com tudo e todos ao nosso redor.

- Alivia estresse, ansiedade e dores crônicas 

- Diminui os batimentos cardíacos, baixando a pressão arterial, fortalece o sistema imunológico.

E muito mais situações de bem estar, vitalidade que a vivência desta experiência de meditar pode proporcionar.

Meditação: estar no meio da ação, nem no antes e nem no depois.

 

Começando a Meditação Sentada

Escolha um local tranqüilo, sem barulho e sem interferências,  prefira roupas confortáveis.

Sente-se com a coluna ereta, numa almofada ou tapete, ou numa cadeira, os pés apoiados no chão. Os braços ao longo do corpo e as mãos apoiadas no seu colo uma sobre a outra.

Marque o tempo no relógio, procure sempre o mesmo horário,de preferência de manhã ou antes de dormir.

Os olhos podem ficar fechados ou semi-abertos.

Comece a perceber o seu corpo, sua respiração e sinta todo o seu corpo relaxar suavemente junto com a sua respiração que deve ser lenta e suave.

Observe o ar que entra e o ar que sai das suas narinas, apenas observe, não tente dirigir seus pensamentos, deixe que eles passem na mente sem se preocupar, apenas observe a respiração e a sensação de relaxamento com concentração e entrega nesta prática.

- Quando finalizar não se levante bruscamente, perceba seu corpo e vá retornando devagar deste estado.

- Repita diariamente sempre no mesmo horário. 

Inicie fazendo de cinco a dez minutos. e vá aumentando gradativamente.

Compartilhe:
Comentários
Outras sugestões para a sua leitura
Mulheres em Círculo
14Mar2018

Círculos são para nós, mulheres, que ao abrir um espaço na cultura ocidental de orientação masculina nos ...

Compartilhe:
Perdão e qualidade de vida
28Jan2018

A palavra utilizada para perdoar ou absorver em Aramaico é Cancelar.

 Linguagem utilizada na época ...

Compartilhe:
Relacionamento a dois
27Nov2017

"O relacionamento de casal se desenvolve através do soltar, de soltar sonhos. A felicidade almejada não tem o ...

Compartilhe:
Magali Bergamo 2015 - Todos os direitos reservados
Criação de sites Vinhedo, Valinhos, Campinas